LAUDOS OU PARECERES TÉCNICOS 

LAUDO TÉCNICO

 

Este tipo de laudo técnico tem por finalidade identificar e documentar de forma correta os problemas construtivos específicos, tais como::

  • Elementos estruturais aparentes;
  • Acessibilidade
  • desempenho de sistemas
  • Fachada
  • Ancoragem de antenas em topo de prédio;
  • Deterioração elevada;
  • Insalubridade;
  • Sistemas de impermeabilização, através dos indícios de perda de desempenho como infiltrações;
  • Sistemas de drenagem (jardins, áreas externas, entre outros);
  • Sistema de coberturas aparentes (telhados, rufos, calhas, entre outros);
  • Sistemas de instalações hidráulicas aparentes (água fria, água quente, esgoto sanitário, águas pluviais, reuso de água e esgoto, entre outros);
  • Sistemas de instalações de gás aparentes;
  • Sistemas de instalações elétricas aparentes;
  • Sistemas de proteção contra descargas atmosféricas aparentes (para-raios);
  • Escadas;
  • Piscina;
  • Área do estacionamento (edifício garagem, pátio da garagem);
  • Forros e tetos;
  • Paredes/Painéis de vedação;
  • Revestimentos;
  • Pintura;
  • Caixilhos, portas, janelas e vidros;
  • Portões;
  • Muros e gradis.

 

O objetivo do referido laudo técnico desenvolvido pela RSO ASSESSORIA é analisar a causa e a origem do problema/anomalia, assim como descrever o grau de risco deste(a).

 

A conclusão do laudo tem como finalidade viabilizar recomendações técnicas para a correção adequada do problema/anomalia




LAUDO DE ENTREGA E RECEBIMENTO DE OBRA

No momento da entrega/tradição de um novo empreendimento ou obra para os incorporadores, compradores ou moradores é de extrema importância a realização de uma avaliação técnica minuciosa, realizada por um especialista, do estado do empreendimento ou obra, ou seja, trata-se de uma análise detalhada para avaliar todas as instalações e sistemas da edificação, respectivo funcionamento, atendimento as promessas de venda e requisitos normativos

 

O laudo de entrega de obra realizado pela RSO ASSESSORIA tem como finalidade fiscalizar e certificar se o novo empreendimento ou obra se enquadra nos parâmetros de boas técnicas construtivas, legislação e normas regulamentadoras vigentes, além do devido enquadramento no escopo contratual e requisitos de desempenho propostos.